O JORNALISTA BRUNO PORCIUNCULA COMENTA AS ESTREIAS DA SEMANA NOS CINEMAS DE SALVADOR

0
442
"Um Limite Entre Nós", filme que rendeu o Oscar de Melhor Atriz para Viola Davis

Versão live action de “A Bela e A Fera” é a grande estreia da semana

Disney investe no recurso live action

Quinta-feira é dia de estreias no cinema. E, nesta semana, A Bela e a Fera é o grande destaque, invadindo salas nos multiplex de Salvador. A versão com personagens em carne e osso é praticamente uma regravação quadro a quadro da animação de sucesso lançada em 1991. Desta vez, temos Emma Watson (a eterna Hermione, de Harry Potter) como Bela e Dan Stevens (da Cheap Jerseys excelente série Downton Abbey), a Fera.

A novidade da trama é o primeiro personagem assumidamente gay da Disney. LeFou (Josh Gard) terá uma queda pelo vilão Gaston (Luke Evans). Claro que esse detalhe já causou polêmica pelo mundo. Na trilha sonora, saem Celine Dion e Peabo Bryson e entram os popstars Ariana Grande e John Legend para interpretar a belíssima canção tema do filme. cheap nba jerseys Com belos figurinos, enredo e personagens carismáticos, “A Bela e a Fera” é imperdível para todas as idades.

 

Vencedor de Oscar em Salvador

Também chega às salas de cinema de Salvador o longa “Um Limite Entre Nós“, filme que rendeu o Websérie Oscar de Melhor Atriz para Viola Davis. A trama, que se passa em 1953, gira em torno de Troy Maxon (Denzel Washington), ex-futuro promissor jogador cheap ray bans de beisebol que se tornou motorista de caminhão Cheap Jerseys de lixo. Rancoroso por não ter conseguido se profissionalizar no esporte, graças ao preconceito racial da época, Troy quer evitar que o filho Cory (Jovan Adepo) sofra com os mesmos problemas.

Sustentando-se basicamente nos diálogos entre Troy e a esposa Rose (Viola Davis), o filme tem poucas locações e se assemelha à uma peça de teatro – afinal, é uma adaptação de uma premiada peça também estrelada por Washington. “Um Limite entre Nós” é mais voltado para aquele público Cheap Oakleys que gosta de ótimos diálogos.

 

Comédia pastelão

Bryan Cranston e James Franco

Um filme com James Franco já é para nos deixar com os dois pés atrás. Quando esse filme é de Natal, mas estreia no Brasil após o fim do verão, é oakley outlet sinal de que a coisa não deve ser nada boa. E não é. “Tinha que Ser Ele?” é uma comédia que aposta no humor raso, cheio de clichês e tem no elenco ainda o ótimo Bryan Cranston (Breaking Bad). A história mostra um fake oakleys pai (Cranston), que vai visitar a cheap oakleys outlet filha no Natal e não se dá bem com o namorado dela (Franco), um jovem fake oakleys bilionário. Com final mais do que previsível, o longa deve ser algo para se passar longe nessa semana de estreias.

 

<img class="size-full wp-image-20380" src="http://www.mundovipbahia.com.br/wp-content/uploads/bruno.jpg" alt="" width="289" height="289" srcset="http://www.mundovipbahia.com.br/wp-content/uploads/bruno.jpg 289w, http://www.mundovipbahia.com.br/wp-content/uploads/bruno-150×150.jpg 150w" sizes="(max-width: ११४ 289px) 100vw, 289px” />

Bruno Porciuncula

Repórter, crítico de cinema e criador do blog Cheap Football Jerseys “A Volta ao Mundo em 80 Filmes”

Contatos pelo email: brunoporciuncula@gmail.com

Um grande abraço e até a próxima semana!